Roda de Conversa sobre os Imóveis Sem Uso

A equipe CHaT Cultura Habitação e Trabalho juntamente com a Casa de Estudos Urbanos, convidam para a Roda de Conversa sobre imóveis vazios. A atividade integra a programação da “Virada Sustentável Rio de Janeiro 2018” e ocorrerá no domingo, 10 de junho, a partir das 14h, na Casa de Estudos Urbanos (Rua da Glória, 18A, Glória, Rio de Janeiro), e contará com o apoio Institucional do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro (CAU/RJ).

O foco da roda será: imóveis sem uso e seus desdobramentos na cidade, com o compartilhamento de histórias contadas em primeira pessoa de quem vive ou viveu um contexto associado a este tema, objetivando a participação da maior diversidade possível de experiências e possibilidades de ocupações desses espaços.

A professora Luciana Corrêa Lago, integrante da Rede INCT Observatório das Metrópoles, participa do evento.

NECESSIDADES:

Dialogar. O principal motivo para este evento acontecer é abrir os espaços para o diálogo. Tanto para as partes que convergem nas opiniões, pois apesar de concordarem, cada ponto de vista é a vista de um ponto. Quanto para as partes que divergem completamente. Estas são mais complicadas e, justamente por conta disso, imporntante de se encontrarem com a disponibilidade da escuta, com atenção cuidadosa, ao ponto de vista do outro.

Avançar com as propostas existentes, possibilitando a criação de novas propostas e conciliações.

Por conta disso, o método Aquário aplicado pela facilitadora Michelle Sampaio é o formato que atende com maestria à esta necessidade.

PROPÓSITO:

Ocupar. Para que com estes diálogos abertos e permanentes se fortaleçam grupos, argumentos e pensamentos, que criem elos em pontos determinantes e abram brechas que resultem em ações. E que estas ações materializem os espaços, que antes estagnados e doentes, agora em lugares vivos, ocupados e úteis para os habitantes: nós que possuímos hábitos de cultura, de moradia e de trabalho, colaborando em conjunto com a vida na cidade.

PROGRAMAÇÃO

Tema: Imóveis sem uso e ocupações.

Mediadora

Michelle Cristina Sampaio Professora Dra. na UniRio, coordenadora do Laboratório de Ações Sustentáveis (LAÇOS), aplicando o método Aquário para a Roda de Conversa.

BLOCO 1 (de 14h às 16h30):

14h00 – 15h30

– Luiz Carlos Toledo, o processo de ocupação da Casa de Estudos Urbanos desde as ruínas, MT Arquitetura até chegar à Casa de Estudos Urbanos hoje.

– Julia Abreu, dificuldades e viabilidades de se reformar e ocupar imóveis degradados no Centro do Rio hoje.

– Cesar Jordão, o processo de ocupação do SARACURA, os projetos e a influência local até o dias atuais.

– Gelson Mallorca, com a arte e desenhos em quadrinhos sobre as ocupações do espaço público nas manifestações e luta social pela Arte e Educaçã: Rua D’ajuda em 2011, Alerj 2013, Quilombo das Guerreiras, OcupaMinc e Canecão 2016.

– Didi Helene, sobre a experiência com os movimentos de moradia de São Paulo, com uma atualização a partir da perspectiva de gênero.

15h30 – 16h30

Roda de Conversa

16h30 – 17h00

(30 minutos de intervalo)

BLOCO 2 (de 17h às 19h):

17h00 – 18h00

– Tainá de Paula, sobre as iniciativas de requalificação dos centros urbanos, assim como o processo de pauperização dos centros e seus desdobramentos, como a ocupação desigual do território, os bolsões de pobreza e o surgimento de áreas subutilizadas nas cidades.

– Helena Galiza, sobre experiências no Banco Nacional de Habitação – BNH, no IPHAN, na CEF, no projeto da Ocupação Regente Feijó (Centro do Rio, 2003-2013).

– Sandra Kokudai da Organização Fundação Bento Rubião, sobre experiências, dificuldades e conquistas.

– Luciana Lago, sobre a Reforma Urbana, a luta social pela moradia e conclusões.

18h00 – 19h00

Roda de Conversa

Conclusões, confraternização, concretizações, possibilidades.

Para mais informações, acesse a página do evento no Facebook.

 

Tags: , , , ,