Revista Cadernos Metrópole no Latindex

A Revista Cadernos Metrópole acaba de ser integrada à Latindex – um sistema de informação sobre as revistas de pesquisa científica, técnico-profissionais e de divulgação científica na América Latina e Caribe, Espanha e Portugal. A indexação é mais uma vitória da equipe da Rede Nacional Observatório das Metrópoles e representa a internacionalização da Cadernos Metrópole e consolidação da revista como uma das mais importantes na área dos estudos urbanos.

A Revista Cadernos Metrópole já é indexada pela plataforma SciELO Brasil e pela rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe, Espanha e Portugal (Redalyc), com sede no México.

Com 15 anos de trajetória e 30 números publicados, a Cadernos Metrópole tornou-se um periódico de alcance amplo, veículo de divulgação e circulação dos trabalhos de pesquisadores de vários campos disciplinares sobre os diversos temas que perpassam a problemática metropolitana: dos temas classicamente relacionados ao urbano, como transporte, habitação, uso e ocupação do solo etc, como também temas atuais relativos ao debate sobre a gestão das cidades brasileiras, como sustentabilidade, Direito à cidade, cultura e governança metropolitana.

Excelência na difusão dos estudos metropolitanos

A Revista Cadernos Metrópole constitui um dos principais produtos do INCT Observatório das Metrópoles e teve como objetivo inicial difundir os resultados da análise comparativa das metrópoles brasileiras realizada no âmbito do projeto interinstitucional “Metrópoles, Desigualdades Socioespaciais e Governança Urbana”. Este projeto, do qual participam hoje pesquisadores do Brasil e do exterior, no âmbito do Programa Institutos Nacionais da Ciência e Tecnologia – INCT/CNPq, teve como ponto de partida a análise dos efeitos das transformações econômicas em curso nas sociedades contemporâneas e das possibilidades de um modelo de desenvolvimento que supere as tendências à exclusão social.

Os debates sobre a questão metropolitana e as cidades – foco central dos temas tratados pela Revista – têm ocupado lugar de destaque, tanto na Universidade quanto em diferentes instâncias da sociedade e a polêmica em torno da interpretação dos efeitos da globalização expressa, na verdade, o confronto entre os paradigmas da pós-industrialização e o da reestruturação produtiva.

Em sua fase atual, incluem-se neste periódico, textos de pesquisadores e estudiosos da temática urbana, que dialogam com o debate sobre os efeitos das transformações socioespaciais no condicionamento do sistema político-institucional das cidades e os desafios colocados à adoção de modelos de gestão baseados na governança urbana.

A Revista ao lançar a edição nº 30 alcançou a marca 278 artigos – o que indica a sua consolidação como veículo ágil de divulgação da produção acadêmica sobre as metrópoles brasileiras, estimulando e ampliando a abrangência comparativa destes estudos que, de modo geral, procuram responder a questões estratégicas para a gestão das cidades. Verifica-se também o aumento do número de artigos submetidos ao Comitê Editorial, composto por especialistas brasileiros e de Centros de Investigação localizados em Portugal, Espanha, Chile, Argentina e México, com os quais o Observatório das Metrópoles mantém intercâmbio editorial e científico.

Nesse sentido, cabe assinalar que o estabelecimento de parcerias com as instituições de origem dos membros do Comitê Editorial tem sido a nossa principal estratégia para ampliar a circulação e a divulgação do periódico em países de língua portuguesa e espanhola. Cabe ainda salientar a distribuição da Revista Cadernos Metrópole durante a realização dos principais Encontros de Associações Científicas nacionais e internacionais, ampliando o espaço de divulgação da proposta editorial.

Na busca por ampliar o escopo da comparação, o Comitê Editorial tem realizado esforços para também publicar textos de outras metrópoles internacionais produzidos por pesquisadores com os quais são mantidas relações sistemáticas de intercâmbio e cooperação científica, bem como de especialistas nos temas mencionados com os quais o Observatório das Metrópoles dialoga numa perspectiva interdisciplinar.

A tradução e publicação de textos de autores franceses e anglo-saxões foi realizada por tradutores especializados nos temas tratados e insere-se na proposta de ampliação do intercâmbio e do debate. A Revista Cadernos Metrópole constitui um convite à reflexão, ao debate e à pesquisa sobre as metrópoles contemporâneas e o lançamento desta edição comemorativa constitui mais um passo no sentido da efetivação de nossa proposta.

Acesse a pagina da Revista Cadernos Metrópole.

 

Tags: , , ,