Publicações no Congresso Observatório das Metrópoles 20 anos

No âmbito do Congresso 20 anos ocorrerão atividades voltadas para a divulgação de duas publicações organizadas por pesquisadores do Observatório das Metrópoles.
A primeira, produto da comemoração dos 20 anos, será um livro organizado por Neiara de Morais e Patricia Novaes, cujo foco é apresentar e refletir as trajetórias, experiências e inovações de pesquisa em rede, em colaboração com os 15 núcleos do Observatório das Metrópoles. Já a segunda publicação, também em formato de livro e coordenada por Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro e Filippo Bignami, será debatida no último dia do evento (07/12, às 09:00) e tem como foco analisar as implicações e significados do conjunto de reestruturações urbanas no Rio de Janeiro após os megaeventos. A seguir, mais detalhes das publicações.

Livro Observatório das Metrópoles 20 anos.

O objetivo do livro é analisar a constituição dessa rede de pesquisa e o desenvolvimento de suas pesquisas durante os 20 anos de existência. Busca-se cruzar suas histórias de criação e desenvolvimento no contexto das mudanças urbanas, entre os anos de 1980 e 1990, com as agendas políticas e sociais no campo urbano-metropolitano brasileiro. Inclui-se, portanto, as análises da democracia, das desigualdades sociais, da governança urbana, passando  pelas experiências da rede com a democratização do conhecimento e com a criação de uma metodologia de pesquisa comparativa entre as metrópoles brasileiras.
Além de três artigos das organizadoras, o livro contará com textos dos 15 núcleos do Observatório que abordarão as suas incorporações na rede, pontuando as principais atividades de pesquisa e extensão que deram início ao núcleo, além dos projetos que foram essenciais para impulsionar novas linhas de pesquisas e parcerias institucionais.

Sobre as organizadoras:

Neiara de Morais – Doutora pelo Programa Democracia no Século XXI da Universidade de Coimbra, onde desenvolveu a pesquisa “Observatórios de Políticas Públicas: um estudo sobre a mobilização de conhecimentos para a democratização da elaboração e controle das políticas”.

Patricia Novaes – Doutora em Planejamento Urbano pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional (IPPUR/UFRJ) e pesquisadora do Observatório das Metrópoles Núcleo Rio de janeiro.

Livro “Os legados dos eventos globais”.

O livro Os legado dos eventos globais, organizado pelo Observatório das Metrópoles em parceria com a Universidade de Ciências Aplicadas e Artes do Sul da Suíça, faz parte do projeto de cooperação internacional Urban Regimes and Citizenship, apoiado pelo CNPq e FAPERJ (Brasil) em parceria com o SNSF (Suíça).
O debate traz um conjunto de pesquisadores brasileiros, suíços e italianos para analisarem conjuntamente as implicações (e os significados) do conjunto de reestruturações urbanas no Rio de Janeiro, após o fim da onda de eventos que colocaram a cidade sob os holofotes do mundo.
Conscientes do debate que surgiu com a graduação do Rio de Janeiro como uma “cidade globalizada”, o conjunto de artigos adota uma abordagem interdisciplinar para analisar tanto o legado dos megaeventos quanto as transformações que vieram depois da onda mundial.
Como resultado dessa transformação, nos últimos dois anos, o Estado do Rio de Janeiro (e particularmente a cidade do Rio de Janeiro, como o mais importante centro urbano) atravessou momentos institucionais traumáticos. Entre eles, destaca-se a declaração de “estado de calamidade” no início de 2017 com um déficit financeiro de quase R$ 18 bilhões; a acentuação da violência nos municípios da região metropolitana; e um crescente enfraquecimento da institucionalidade metropolitana.

Coordenadores:

Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro (Observatório das Metrópoles, IPPUR/UFRJ)
Filippo Bignami (SUPSI, Suíça)

Equipe de pesquisa:

Ana Paula Carvalho (PUC-RJ)
Humberto Meza (Observatório das Metrópoles)
Niccolò Cuppini (SUPSI, Suíça)
Orlando Santos Junior (Observatório das Metrópoles, IPPUR/UFRJ)

 

Tags: ,