Pesquisa sobre população em situação de rua em Maringá

O Observatório das Metrópoles (Núcleo Maringá) inicia os preparativos da quarta edição da Pesquisa Sobre População em Situação de Rua em Maringá. A primeira reunião ocorreu dia 30/08 e contou com a presença de pesquisadores e colaboradores interessados em participar do processo de coleta de dados.

Segundo a coordenadora do núcleo, Ana Lúcia Rodrigues, a finalidade desse primeiro encontro foi definir a agenda de treinamento e atividades dos pesquisadores. A estimativa é cumprir no mês de setembro o processo de formação das equipes e em outubro realizar a aplicação dos questionários.

O objetivo principal da pesquisa é identificar a quantidade e o perfil da população em situação de rua em Maringá. Muitos itens serão pesquisados, como os motivos que levaram tais pessoas a estarem em situação de rua, suas relações familiares, o modo como sobrevivem, e como essa população percebe a sociedade em relação à pessoa em situação de rua. Ao final da investigação, os dados e as informações geradas serão sistematizadas num relatório final comparativo (2015 a 2018), que será entregue ao poder público local para subsidiar ações em favor destas pessoas, e também será disponibilizado a todos os interessados.

A iniciativa da pesquisa é do Observatório das Metrópoles (Núcleo Maringá) e a coleta de dados ocorre em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (SASC), Centro de Referência Especializado para População de Rua (Centro Pop Rua), Ministério Público, além da participação de colaboradores das entidades da sociedade e voluntários das diferentes áreas de atuação junto a esta população, de outros órgãos municipais, assim como acadêmicos e profissionais das atividades pertinentes à execução do projeto.

 

Tags: ,