Participação do Observatório nos FUM e FSU

Entre os dias 22 a 26 de Março de 2010, o Observatório das Metrópoles participará dos dois eventos que ocorrerão na cidade do Rio de Janeiro: O V FÓRUM URBANO MUNDIAL e o FÓRUM SOCIAL URBANO. Sob o tema “O Direito à Cidade: Unindo O Urbano Dividido” o FUM é organizado pela ONU – Habitat. Já o FSU é organizado por movimentos sociais, organizações e militantes e será realizado no Centro Cultural da Ação da Cidadania Contra a Fome, na Zona Portuária do Rio de Janeiro. Veja aqui as atividades que o Observatório promove e participa!

Fórum Urbano Mundial

Dia: 23 Março (Terça-Feira)
Horário: 16:00
Mesa redonda: O Direito à Cidade com Justiça Social 
Debatedores: Regina Ferreira (FASE/ FNRU – Brasil); Donizete Fernandes (União Nacional MoradiaPopular/ FNRU – Brasil); Davinder Lamba (Mazingira Institute – Quênia); Rodolfo Ramírez (Habitat for Humanity LAC- Costa Rica); Sebastián Tedeschi, (COHRE America); Cristina Almazán(IAI Latin America – México); Mobola Fajemirokun (DIN – Nigéria);Arif Hassan (Urban Resource Centre – Paquistão); Mirjam van Donk(Director of Isandla Institute – África do Sul); Serge Allou (GRET –Franca).

 

Dia: 24 Março (Quarta-Feira)
Horário: 14:00 – 16:00
Mesa Redonda – Metrópoles lusófonas: gênese e padrões de dispersão urbana

O evento organizado pelo Observatório das Metrópoles e CIAUD/FAUTL, (Portugal) pretende explorar a questão do declínio dos centros urbanos e expansão metropolitana. A reunião será o ponto de partida de um projeto de investigação que pretende estudar o crescimento urbano, através da análise comparada de processos de urbanização em oito cidades lusófonas: Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Salvador (BR); Macau (CN); Maputo (MZ) e Lisboa e Porto (PT). Através da experiência lusófona, o debate pretende estabelecer elos entre a investigação sobre o processo de retração das cidades européias e os estudos sobre a urbanização sem precedentes observada nos países emergentes. O evento pretende promover o diálogo e fomentar a colaboração entre instituições científicas e outros profissionais interessados no futuro do desenvolvimento urbano e em particular na especificidade do contexto lusófono.
Coordenador da sessão: Catarina Teles Ferreira Camarinhas (CIAUD/FAUTL, Portugal)
Participantes:
– Rui Tavares (Deputado do Parlamento eEuropeu, delegado da Assembléia Parlamentar Euro-Latino-Americana e membro da direção do Intergrupo Urban)
– Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro (Observatório das Metrópoles, Brasil)
– Iára Regina Castello (UFRGS / Observatório das Metrópoles, Núcleo Porto Alegre, Brasil).

 

Dia: 24 de março (Quarta-Feira)
Horário: 16:30 às 18:30
Mesa redondaGestão de regiões metropolitanas:experiências nacionais e internacionais, avanços e desafios

Local: Avenida Rodrigues Alves – Armazém 5, Rio de Janeiro – Sala de reuniões W3-19
O objetivo da mesa é promover o debate e a troca de experiências entre especialistas de diversos países sobre o tema da gestão das regiões metropolitanas.

Dia: 25 de março (Quinta-Feira)
Horário: 09:00 às 13:00

Mesa redondaGestão de regiões metropolitanas:experiências nacionais e internacionais, avanços e desafios (continuação)

Local: Rua São Clemente, 360 – Botafogo, Rio de Janeiro

Palestrante:
1. Sol Garson/Luiz César de Queiroz Ribeiro – Observatório das Metrópoles
2. Maria Madalena Franco Garcia – Fórum Nacional de Entidades Metropolitanas – FNEM
3. Representante da Frente Nacional de Prefeitos
4. Representante do Ministério de Desenvolvimento Social do México
5. Paula Ravanelli Losada – Subchefia de Assuntos Federativos da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República
6. Representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID

INSTITUIÇÕES PARTICIPANTES
Palestrante
1. Subchefia de Assuntos Federativos da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência
da República (coordenador)
2. Fórum Nacional de Entidades Metropolitanas – FNEM
3. Frente Nacional de Prefeitos
4. Ministério de Desenvolvimento Social do México
5. Observatório das Metrópoles
6. Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID

Debatedor
7. Ministério das Cidades
8. Agência Metropolitana da RMBH
9. Grande Recife Consórcio de transportes
10. União Internacional de Transportes Públicos – UITP
11. Caixa Econômica Federal
12. Fórum das Federações

Fórum Social Urbano

Dia: 22 de Março (Segunda-Feira)
Horário:18:00h
Mesa de abertura do Fórum Social Urbano
Debatedores: David Harvey (CityUniversity of New York, USA), Raquel Rolnik (Relatora da ONU sobre odireito à moradia); Peter Marcuse (Columbia University); ErmíniaMaricato(FAU-USP) Local: Avenida Barão de Tefé,75, Saúde.  (Próximo à praça Mauá)Assembléia da HICHorário:15:00h as 21:00h.

Dia: 23 de março  (Terça-Feira)
Horário: 16:30
Mesa redonda: O Direito à Cidade com Justiça Social
Debatedores: Davinder Lamba (Mazingira Institute – Quênia); Regina Ferreira(FASE/ FNRU – Brasil); Donizete Fernandes (União Nacional MoradiaPopular/ FNRU – Brasil); Rodolfo Ramírez (Habitat for Humanity LAC- Costa Rica); Sebastián Tedeschi, (COHRE America); Cristina Almazán(IAI Latin America – México); Mobola Fajemirokun (DIN – Nigéria);Arif Hassan (Urban Resource Centre – Paquistão); Mirjam van Donk(Director of Isandla Institute – África do Sul); Serge Allou (GRET –Franca)

Dia: 23 de março (terça-feira)
Horário: manhã
Mesa Redonda: A questão periurbana no Brasil e os desafios de sua tradução em agenda política pelo direito à cidade.
Debatedores: FASE Amazônia;Instituto Pólis, Observatório COMOVA – UFPA/FASE e Fórum Nacional de Reforma Urbana

Dias: 23, 24 e 25 de Março (Terça-Feira, Quarta-Feira e quinta- Feira)
Horário: manhã.
Oficina – O Direito à Cidade e os Instrumentos dos Planos Diretores e os conflitos urbanos. Rede Nacional de Avaliação dos Planos Diretores Participativos
Com relação à temática de Conflitos Fundiários a capacitação apresentará as propostas einstrumentos de Prevenção e Mediação de Conflitos FundiáriosUrbanos, inclusive no âmbito da Política Urbana.
Capacitadoresda Oficina: Nelson Saule (Instituto Pólis), Karina Uzzo (InstitutoPólis), Evaniza Rodrigues (UNMP), Benedito Barbosa (CMP); Orlando Santos Junior (IPPUR/Observatório das Metrópoles), Secretaria de Programas Urbanos (Ministério das Cidades)

Dia: 24 de março (Quarta-Feira)
Horário: manhã
Mesa Redonda: A urbanodiversidade brasileira e a questão Periurbana em debate: o lugar das cidades pequenas e médias na Política Nacional de Desenvolvimento Urbano.
Debatedores: Câmara Federal, Ministério das Cidades, FASE Nacional.

Dia: 24 de março
Horário: às 14:00
Mesa Redonda: Atualizando o Direito à cidade.
Debatedores:Nelson Saule Junior (POLIS/ FNRU – Brasil); Carmen Gonzalez (ALOP -Costa Rica); Elizabeth Santos (Comités de Tierra Urbana –Venezuela); Pedro Franco (IAI Latin America – Republica Dominicana);Marcos Landa (Movimento Nacional de Luta pela Moradia/ FNRU –Brasil); Ada Colau (Observatory DESC – Espanha); Enrique OrtizFlores (HIC-AL – México); David Harvey (CUNY – Estados Unidos);Gotzon Onandia-Zarrabe (COHRE).

Dia: 25 de Março (Quinta-Feira)
Horário: à tarde, horário a confirmar
Evento em Rede: Conflitos Urbanos. Mega Eventos e Despejos
Debatedores: Orlando Junior (Observatório das Metrópoles / FNRU – Brasil); Salih Booker (COHRE – Suíça); Raquel Rolnik (Special RapporteurAdequate Housing, OHCHR); Yves Cabannes (DPU, U.London – Reino Unido– AGFE); Zakaria Odeh, (Welfare Association, Jerusalém –Palestina); Benedito Barbosa (Central dos Movimentos Populares – CMP/ FNRU – Brasil); Bartiria Perpetua (CONAM / FNRU – Brasil);Joseph Schechla (HIC-HLRN – Egito); Alexandre Fabiano Mendes(Public Defenders Office – Brasil); Gustavo González (SwedishCooperative Center, LAC); Cesare Ottolini (IAI, Itália).

Dia: 25 de março de 2010 (Quinta-Feira)
Mesa Redonda: Aarticulação de agendas de inclusão social pelo Direito à Cidade:um olhar sobre o diálogo urbano-metropolitano e a questãoperiurbana.Horário:manhã.Debatedores: Fórum da AmazôniaOriental (FAOR), Observatório Pernambuco, UFRJ/IPPUR.

Dia: 26 de Março (Sexta-Feira)
Horário: 14h30 – 16h30
Mesa redonda  Sociedade Civil no planejamento e execução dos Mega-eventos nas Regiões Metropolitanas: Sistema Georeferenciado de Acompanhamento Baseado nas Lições Aprendidas da Experiência Internacional
Debate que o Observatório promove junto com a FASE (Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional) e University of British Columbia (Canadá) no Fórum Social Urbano com o objetivo de discutir os desafios e as possibilidades em criar um sistema descentralizado e georeferenciado para subsidiar a mobilização da sociedade civil organizada para acompanhar e debater de forma mais qualificada os investimentos e planos de implementação dos GEEs
Debatedores:
1) Luiz César de Queiroz Ribeiro (IPPUR/UFRJ): Proposta do Sistema Georeferenciado – Ferramenta de Qualificação e Mobilização da Sociedade Civil
2) Mauro R. Monteiro dos Santos (FASE): Jogos Pan Americanos de 2007 no Rio de Janeiro: aprendizados na perspectiva do monitoramento social
3) Peter Boothroy (UBC): As Estratégias de Mobilização da Sociedade Civil: Experiências de Vancouver e Montreal (tradução consecutiva)
4) Jeroen Klink (UFABC): Sistema de Análise dos custos e benefícios dos GEEs: Desafios e potencialidades

Clique aqui para mais informações sobre o Fórum Urbano Mundial

Clique Aqui para mais informações sobre o Fórum Social Urbano

Escrito por Observatório|Última atualização em Seg, 22 de Março de 2010 14:49

 

Tags: , ,