Outra economia, outra política: uma obstinação latino-americana

Outra economia, outra política: uma obstinação latino-americana

A Rede INCT Observatório das Metrópoles divulga para o público brasileiro o livro “Outra economia, outra política. Uma obstinação latino-americana”, que conta a trajetória intelectual, política e acadêmica do professor argentino José Luis Coraggio. Lançada pela Universidade Nacional de General Sarmiento (UNGS), dentro da Série Professores Extraordinários, a publicação marca a entrega do título de Professor Emérito a Coraggio, que por meio de seus trabalhos pioneiros relacionados à economia popular urbana, economia social e do trabalho se converteu em uma referência latino-americana sobre esses temas.

O Observatório das Metrópoles tem desenvolvido, nos últimos anos, ações de cooperação internacional com várias instituições, redes de pesquisa e pesquisadores estrangeiros. Uma dessas parcerias é com o economista argentino José Luis Coraggio, diretor acadêmico do Mestrado em Economia Social da Universidade Nacional de General Sarmiento (UNGS), e fundador e um dos coordenadores da Rede Latino-americana de Pesquisadores em Economia Social e Solidária (RILESS).

A trajetória de José Luis Coraggio conta agora com este livro-depoimento “Otra economía, otra política. Una obstinación latinoamericana”, que celebra a carreira intelectual desse que sempre lutou pela construção de um pensamento latino-americano para os estudos urbanos, econômicos e sociais.

Segundo Susana Hintze, professora do Instituto Del Conurbano e que assina um dos depoimentos, José Luis Coraggio pode ser lembrado a partir de três facetas: a do intelectual e pensador que deixou sua marca na América Latina; a do construtor de instituições acadêmicas; e aquele que impulsiona e participa dos processos políticos.

Da sua trajetória intelectual, merecem destaque a sua capacidade pioneira de questionar-construir conhecimento sobre a questão urbano-regional. Na década de 1970, por exemplo, Coraggio reuniu os pesquisadores mais destacados para promover um seminário sobre o tema urbano-regional; a iniciativa se converteu em livro com o título “La cuestión regional en América Latina”. Segundo depoimento de Hintze, Coraggio dedicou-se, durante vários anos, na empreitada de refundar a teoria crítica dos estudos regionais.

Essa tarefa aparece sintetizada no livro “Territorios en transición. Crítica a la planificación regional en América Latina”, no qual recupera propostas teórico-práticas realizadas nas décadas de 1970 e 1980. Esse livro traz a experiência da Nicaragua e a incipiente transição da democracia na América Latina. De acordo com Susana Hintze, o primeiro capítulo desse livro (“Sobre la espacialidad social y el concepto de región”) sintetiza as conclusões de uma busca de raízes no terreno da filosofia para a compreensão do espacial na problemática social; seguido de trabalhos orientados a “politizar a prática do planejamento regional”, assim como as questões metodológicas.

Outro ponto de destaque na trajetória de José Luis Coraggio é a sua revisão crítica das políticas sociais do período neoliberal, do caráter compensatório do ajuste via assistencialismo. O livro de 1999 “Política social y economía del trabajo” é uma boa sistematização desse problema. O segundo capítulo “Una política social en busca de paradigmas” é uma aguda análise do programa neoliberal e suas propostas técnicas. Coraggio propõe uma alternativa que exige a ação da sociedade conjuntamente com ações políticas socioeconômicas desde o Estado a fim de estabelecer outras relações entre a economia do capital e a economia pública.

Na sua trajetória, José Luis Coraggio buscou, talvez acima de tudo, as bases teóricas e condições práticas para o desenvolvimento de uma outra economia. A partir de seus trabalhos pioneiros sobre economia popular urbana e, os seguintes, sobre economia social e economia do trabalho, Coraggio se converteu em uma referência latino-americana, com ressonância na Europa e Canadá sobre esses temas. Nessa busca, ele também desenvolveu a tarefa de divulgação, de traduzir a complexidade do que implica pensar em outra economia, isto é, em outra sociedade e outro Estado.

Para aquisição do livro “Otra economía, otra política. Una obstinación latinoamericana”, acesse o site da Editora UNGS.

Acesse o site pessoal de José Luiz Coraggio.

Leia também:

Economía social y solidaria en movimiento

 

Publicado em Publicações | Última modificação em 23-11-2017 12:52:18

 

Tags: , , , ,