Os desafios das metrópoles brasileiras e o papel das redes de pesquisa (vídeo)

Durante o Congresso Observatório das Metrópoles 20 Anos, os convidados do evento foram questionados sobre os desafios das metrópoles brasileiras e o papel das redes de pesquisa. As respostas e reflexões foram reunidas em um vídeo, que conta com a participação de:

  • Luis Fuentes Arce (PUC Chile)
  • Roberto Kant de Lima (InEAC/UFF)
  • Raquel Rolnik (LabCidade/FAUUSP)
  • Leda Paulani (IEA/USP)
  • Carlos Eduardo Martins (IFCS/UFRJ)
  • Emilio Pradilla (Universidade Autónoma Metropolitana de Xochimilco/México)

Para Raquel Rolnik, há fenômenos ocorrendo no urbano que têm sido pouco estudados:

Trabalhando em campo, começamos a perceber que há muitos fenômenos os quais nós ainda não fomos capazes de captar e tematizar. Então tem uma agenda muito importante de rever as formas atuais de moradia e as formas atuais de estruturação do território popular“.

Segundo Leda Paulani, que há uma contradição entre o empírico e as formas de estudá-lo:

“O mundo de hoje é muito complexo, é um paradoxo porque o conhecimento vai ficando cada vez mais especializado para um mundo que é cada vez mais complexo. Deveria estar ocorrendo o contrário: aprofundar a pesquisa nas inter-relações entre os diversos temas e as diversas problemáticas, principalmente nas áreas das ciências humanas e ciências sociais”.

Assista!

 

Tags: , ,