A mobilidade urbana e a configuração espacial da cidade

A partir do estudo de caso de Brasília, o artigo O Desempenho da Mobilidade Urbana a partir da Configuração Espacial da Cidade trata das relações entre a mobilidade urbana e a configuração espacial da cidade, como forma de avaliar a evolução do processo de urbanização. De autoria de Peterson Gonçalves e Rômulo Ribeiro (Observatório das Metrópoles Núcleo Brasília), o trabalho foi apresentado no 8º CONGRESSO LUSO-BRASILEIRO para o Planeamento Urbano, Regional, Integrado e Sustentável (PLURIS 2018).

Confira o resumo:

Este artigo trata das relações entre a mobilidade urbana e a configuração espacial da cidade, como forma de avaliar a evolução do processo de urbanização. Foi estudado o caso de Brasília – Brasil, como aplicação metodológica que aqui é relatado. O propósito deste estudo foi definir procedimentos que proporcionem a avaliação e identificação de variáveis que se correlacionam estatisticamente. Com base na fundamentação teórica dos conceitos aqui tratados, foi possível estabelecer os métodos de análise dos dados de forma integrada, obtendo assim, mapas temáticos, como resultados do cruzamento das informações espaciais da cidade. Desta forma, este estudo identificou diversas variáveis da configuração espacial que se correlacionam estatisticamente com o sistema de mobilidade urbana. Assim, foi possível medir o seu desempenho e visualizá-lo neste sistema complexo, pela sintaxe espacial, cujo método, pode facilmente ser replicado nas cidades de todo o mundo.

CLIQUE AQUI para acessar o artigo completo.

 

 

 

Tags: , , ,