Mercado Imobiliário: uso e valor do solo na metrópole de São Paulo

A PUC São Paulo promove o Curso de Extensão “Mercado Imobiliário: uso e valor do solo na metrópole de São Paulo” com o objetivo de compreender os mecanismos pelos quais se produz o espaço urbano metropolitano, com seus conflitos e os diferentes meios de apropriação da renda da terra, bem como as resultantes desses processos, expressas na configuração do ambiente construído de São Paulo.

O curso conta com pesquisadores da Rede INCT Observatório das Metrópoles, como Lúcia Bógus, Suzana Pasternak e o colaborador Ricardo Carlos Gaspar. E ainda com nomes como Mariana Fix, Mariana Jansen Ferreira, Monica Carvalho, Nabil Bonduki e Paula F. Santoro.

As inscrições podem ser feitas aqui.

APRESENTAÇÃO

A temática urbana assume uma nova dimensão nos tempos recentes, devido à globalização econômica e cultural, à urbanização das cidades e ao crescimento das cidades médias sem estrutura adequada. O conhecimento da atual realidade urbana, pela síntese das múltiplas escalas da geografia econômica mundial que ela proporciona, constitui assim um mecanismo privilegiado para a compreensão dos abrangentes, diversificados e inter-relacionados fenômenos que caracterizam a contemporaneidade.

Economia, espaço e poder conformam uma tríade heurística de decisivo significado para a evolução humana ao longo do tempo e suas inúmeras configurações históricas representam chaves imprescindíveis para a demarcação de épocas, sociedades e civilizações.

Essas premissas servem como base do projeto de formação aqui apresentado. O rigor da análise teórica, a interdisciplinaridade da abordagem, a abrangência dos temas examinados vêm aqui, contudo, acoplados à dimensão eminentemente prática do conhecimento adquirido, vinculado às formas específicas de apreensão e gestão do espaço urbano num lugar e tempo historicamente determinados.

O curso pretende discutir as diferentes formas pelas quais é constituído o preço da terra e, por seu intermédio, como a apropriação e a organização do espaço urbano se consolidam. Tais processos de estruturação territorial são determinantes para compreender a distribuição do trabalho, da produção, do lazer e da moradia nos espaços societários, bem como para o entendimento dos conflitos que decorrem dos interesses subjacentes às funcionalidades em disputa. A cidade e a metrópole de São Paulo serão a referência básica de estudo.

OBJETIVOS

Compreender os mecanismos pelos quais se produz o espaço urbano metropolitano, com seus conflitos e os diferentes meios de apropriação da renda da terra, bem como as resultantes desses processos, expressas na configuração do ambiente construído de São Paulo.

PÚBLICO-ALVO

Profissionais de diferentes áreas, tais como: economistas, arquitetos, sociólogos, geógrafos, administradores públicos e profissionais que trabalham no planejamento urbano, mercado imobiliário, gestão e finanças, tanto na esteira pública quanto privada.

Para mais informações, acesse o site da PUC-SP.

 

Tags: , , ,

 

Mais Posts em Chamadas