Lançamento “Vidas Atingidas: histórias coletivas de luta na Baía de Sepetiba”

Via Instituto PACS

Há uma teimosia velada no ato de se levantar e inaugurar os dias para mulheres, jovens, pescadoras e pescadores, marisqueiras que têm na Baía de Sepetiba sua casa. São esses pequenos-grandes desacontecimentos verdadeiras fendas no espaço-tempo das grandes indústrias, dos portos, da mídia de massa. A baía que ninguém vê, longe da “cidade”, é morada e vida de muita gente que disputa espaço com os tais megaprojetos de desenvolvimento no Rio de Janeiro.

São essas vidas atingidas as protagonistas do livro que o Instituto Pacs tem o prazer de convidá-la/o para o lançamento. A publicação marca cerca de duas décadas de atuação do Pacs na Zona Oeste do Rio de Janeiro. A partir do olhar crítico e do fortalecimento das resistências dos territórios que compõem essa macrorregião da cidade, o Instituto Pacs vem produzindo pesquisas, relatórios, cartilhas, vídeos e diversos outros materiais de educação popular que expõem as violações de direitos e os impactos socioambientais causados pelos chamados megaprojetos e megaeventos.

“Vidas Atingidas – histórias coletivas de luta na Baía de Sepetiba”nasce no desejo de contribuir para que a teia fina dessas vidas atingidas – banais, invisíveis– mostre sua força a mais gente. Não há outra história senão a contada.

O lançamento acontece no Armazém do Campo, espaço do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, no centro do Rio de Janeiro, no dia 19/12, quarta-feira, a partir das 17h30. Haverá roda de conversa com as/os entrevistados/as e a equipe que esteve envolvida na publicação.

Esperamos contar com sua presença!

Lançamento Vidas Atingidas – histórias coletiva de luta na Baía de Sepetiba
Exposição fotográfica e lanche agroecológico das Mulheres de Aroeira
Data: 19/12, quarta-feira, às 17h30
Local: Armazém do Campo – Av. Mem de Sá, 135 – Centro

 

Tags: , ,