IBGE divulga os questionários que serão aplicados no Censo Experimental

 

O IBGE divulgou os questionários do Censo Experimental que será aplicado entre setembro e novembro deste ano em Poços de Caldas (MG) – essa etapa servirá de base para o Censo 2020. Foram confirmados os cortes nos questionários: o básico terá 26 questões, oito a menos que o Censo anterior, e o da amostra terá 76 questões ao invés de 112 (redução de 32%). Confira aqui a notícia divulgada pelo instituto.

Ficaram de fora questões sobre posse de bens, rede de ensino, valor do aluguel e discriminação das fontes de rendimento que não sejam do trabalho.

A ausência da questão sobre o valor do aluguel inviabilizará o cálculo do déficit habitacional, conforme explicitado por Thêmis Amorim Aragão, pesquisadora do Observatório das Metrópoles, neste artigo.

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores do IBGE criticou a versão do questionário, apontando ainda que as questões sobre migração deixaram o questionário básico e constam apenas no questionário da amostra – e serão, portanto, aplicados para um universo menor de respondentes.

O Observatório das Metrópoles se manifesta contrário aos cortes, pois defendemos que a construção de políticas públicas deve estar amparada em dados que ofereçam um retrato confiável da realidade.

 

Tags: , ,