Centros Sociais mantidos por parlamentares

Na próxima segunda-feira (21/06/2010), às 10 hs, no IPPUR, o Observatório das Metrópoles promove o Seminário Centros Sociais mantidos por parlamentares: mapeando o município do Rio de Janeiro pela professora do IFCS/UFRJ, Karina Kuschnir (IFCS/UFRJ).
No seminário, Kuschnir apresenta o trabalho que foi desenvolvido no âmbito do Laboratório de Antropologia Urbana (LAU), coordenado pela própria, no IFCS/UFRJ. O objetivo mais amplo desta pesquisa é compreender práticas e representações acerca da política por parte de diferentes atores sociais em contextos urbanos. Como fim específico, visa investigar, mapear e analisar formas de conexão entre políticos e população, especialmente com foco em Centros Sociais mantidos por parlamentares no Rio de Janeiro.
Como questões principais, a pesquisa busca responder quais as repercussões desses Centros Sociais para as representações e ações políticas na sociedade contemporânea. Estamos diante de novas formas de organizar as relações entre políticos, população, instituições e espaço urbano? Que formas são essas e qual a relação entre concepções sociais mais amplas e as categorias em jogo?
Como estratégia metodológica, foram realizados levantamentos gerais e estudos de caso etnográficos com grupos políticos específicos. Através de visitas a gabinetes, escritórios políticos e observação etnográfica dos Centros Sociais dos parlamentares foi possível perceber regras e fronteiras que regulam o local, sua posição no bairro, motivações da população para frequentá-lo e representações sobre política presentes nos discursos de parlamentar, funcionários e usuários. Embora a pesquisa encontre-se em estágio parcial, concluímos que esses Centros mobilizam redes de relações sociais baseadas em trocas fundamentadas em um projeto político que demarca espaços físicos e simbólicos, abrangendo valores e identidades de diversas redes sociais.
 

Tags: