Artigo analisa o Cadastro Ambiental Rural (CAR) na revista Land Use Policy

O artigo “Rural Environmental Registry: An innovative model for land-use and environmental policies”, publicado na revista Land Use Policy (edição de julho/2018), analisa as condições e conquistas da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR). Dentre os autores do trabalho está Rômulo da Costa Ribeiro, pesquisador do Observatório das Metrópoles (Núcleo Brasília).

Resumo: A governança da terra em larga escala e o monitoramento ambiental são enormes desafios para os países tropicais com cobertura florestal significativa. Neste trabalho analisamos as condições e conquistas da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR). O CAR foi um importante avanço da Lei de Proteção da Vegetação Nativa para o monitoramento ambiental no Brasil. O CAR é o registro obrigatório e auto-declaratório das propriedades rurais. Os proprietários devem fornecer delimitação georreferenciada dos limites de suas propriedades e áreas legalmente protegidas, como Áreas de Preservação Permanente e Reservas Legais. Usamos o exemplo do estado do Mato Grosso (transição entre os dois maiores biomas do Brasil – Amazônia e Cerrado) para discutir como o CAR e seu sistema nacional de informação (chamado SICAR) fornecem importantes insumos para o uso da terra, ambiental, econômico, territorial e políticas de segurança alimentar. As políticas futuras devem incluir o aumento dos investimentos e a coordenação entre os diferentes setores para integrar o CAR e os esforços de conservação com a produção agrícola e o manejo sustentável.

Clique aqui para acessar o artigo (em inglês).

 

Tags: , ,